Blog "Medicina Laboratorial para Médicos"

O Lustosa está preparado para a coleta do Perfil Lipídico sem jejum

O Laboratório Médico Geraldo Lustosa está preparado para atender seus pacientes para a coleta do perfil lipídico COM ou SEM JEJUM [ Colesterol Total (CT), LDL‐C, HDL‐C, não‐HDL‐ C e Triglicérides (TG)] Depende da preferência do médico solicitante. No início de dezembro de 2016 foi publicado o  Consenso Brasileiro para a Normatização da Determinação Laboratorial do Perfil Lipídico. O documento, foi elaborado em conjunto pela SBPC/ML e Sociedades Brasileiras de Cardiologia/Departamento de Aterosclerose (SBC/DA), Análises Clínicas (SBAC), Diabetes (SBD) e Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

De acordo com o Consenso, o médico é quem deverá avaliar os casos em que ainda pode ser necessário o jejum prolongado para esses exames, como, por exemplo, quando o paciente apresenta concentração de triglicérides acima de 440 mg/dL, na amostra coletada SEM jejum.  Neste caso, a orientação ao médico que solicitou a avaliação do perfil lipídico é fazer outra requisição de exame  para nova dosagem de TG, desta feita após o jejum de 12h.

O Consenso coloca as novas evidências para a não obrigatoriedade do jejum na maioria dos casos. Graças ao avanço das metodologias diagnósticas, o consumo de alimentos antes da realização desses exames (desde que sem sobrecarga de gordura ou álcool) não interferem usualmente na análise do perfil lipídico. A coleta sem jejum prolongado é mais segura para os pacientes, especialmente para os diabéticos, gestantes, crianças e idosos.

Basicamente, quando o médico solicitante indicar o tempo específico de jejum para o exame requerido, é o Laboratório Lustosa seguirá a orientação. Da mesma forma, se forem solicitados exames SEM JEJUM, o Laboratório também seguirá a orientação do médico. Os laudos e os valores de referência são diferentes.Os novos valores de referência e valores de alvo terapêutico para o perfil lipídico de adultos descritos na Tabela I mostram que, com jejum e sem jejum, os valores são diferentes somente para os triglicérides e idênticos para o CT, HDL-C, LDL-C e não-HDL-C. 

Para crianças e adolescentes, os valores referenciais desejáveis de triglicérides, com jejum e sem jejum, também são os únicos com valores diferentes na Tabela II. Os níveis de triglicérides seguem dois intervalos de idade e, diferente dos adultos, não existem valores de alvo terapêutico. As Sociedades fazem uma recomendação para rastrear a Hipercolesterolemia Familiar (HF), doença genética responsável por elevar o colesterol, com um alerta no laudo laboratorial para adultos, crianças e adolescentes.

Fonte: www.sbpc.org.br (Verena Souza, 06/12/2016)

 

 

Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.